Data de início
Data de término
Local
Prédio de Filosofia e Ciências Sociais e Prédio de Letras - FFLCH
Descrição

I Jornada de Estudos do Nonsense Literário e Seus Arredores

Enquanto gênero, o nonsense é bastante difundido na literatura brasileira e latino-americana, dentre eles autores e artistas como Qorpo-Santo, Renato Pompeu, Manoel Carlos Karam, Manoel de Barros, Arthur Bispo do Rosário, Sérgio Medeiros, Sousândrade, Macedônio Fernandes e Wilson Bueno, entre outros. No entanto, apesar dessa disseminação, são poucos os estudos acadêmicos sobre o gênero nonsense no Brasil e sobre os escritores que a ele se dedicam. Desta forma, esta jornada terá como objetivo difundir as pesquisas sobre o gênero nonsense no Brasil de modo a diminuir essa lacuna entre produção literária nonsense e pesquisa acadêmica, propiciando um espaço profícuo de diálogos entre investigadores do assunto.

O público-alvo são estudantes de graduação e pós-graduação em Letras, bem como pesquisadores de todos os níveis com interesse em literatura nonsense. Tendo em vista o fato de o grupo situar-se na linha de pesquisa de Literatura e outras formas do saber, do Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa da FFLCH-USP, a proposta da Jornada está aberta a áreas que estabeleçam diálogos com os estudos literários, compreendendo diversas expressões artísticas como cinema, séries, quadrinhos etc. e outros campos do conhecimento como filosofia, história, filologia, ciências sociais, entre outros.

Organização: Grupo de Estudos sobre Literatura Nonsense e Grupo de Pesquisa em Produções Literárias e Culturais para Crianças e Jovens.

Coordenação: Profa. Dra. Maria Zilda da Cunha.


PROGRAMAÇÃO:

9h30-10h - Abertura: Profa. Dra. Maria Zilda da Cunha

Local: Auditório 14 - Prédio de Filosofia e Ciências Sociais.

10h-10h30 - Palestra - A reversão e o mundo invertido no nonsense de Gustave Verbeek – Profa. Dra. Fernanda Marques Granato

Local: Auditório 14 - Prédio de Filosofia e Ciências Sociais.

10:30-12:00 – Palestra e debate - Como deter o Bandernete: abacaxis e pepinos da tradução. Mediação de Profa. Dra. Angélica Micoanski Thomazine,

Alexandre Barbosa de Souza e Eduardo Verderame (tradutores da obra “A bicicleta epiplética” , do Edward Gorey, publicada no Brasil em português pela Editora Cosac Naify) 

Local: Auditório 14 - Prédio de Filosofia e Ciências Sociais.

Link de transmissão das 9h30 às 12h:  https://youtube.com/live/1ln1H5LG9Lc

12:00-13h30 - Intervalo

13h30-14h30 - Palestra - Reflexões sobre o nonsense na dramaturgia de Qorpo-Santo - Profa. Dra. Maria Clara Gonçalves

Local: Sala 102 - Edifício Prof. Antonio Candido (Prédio de Letras).

 

COMUNICAÇÕES: das 14h30 às 17h

SIMPÓSIOS TEMÁTICOS:

a) Infância e nonsense (sala 103 - Letras)

b) A ilustração no nonsense (sala 130 - Letras)

c) Nonsense no século XXI (sala 132 - Letras)

d) Nonsense na escola (sala 133 - Letras)

e) Literatura nonsense e outras artes (sala 134 - Letras)

 


Instituições promotoras do evento:
FFLCH, USP/DELM, UFSM.

Organização e supervisão:

Profa. Dra. Maria Zilda da Cunha (USP)
Profa. Dra. Fernanda Marques Granato (USP)
Profa. Dra. Angelica Micoanski Thomazine (UFSM)

Período de Inscrição: 16/04/2024 a 16/06/2024.

Inscrições para ouvintes e comunicações disponíveis nos links abaixo.

Vagas limitadas.

Duração e formato: 9h-17h; evento híbrido síncrono.

Evento gratuito.

Apoio: CELP

Folder
programação do evento