Uma Breve História do CELP

INTRODUÇÃO

O CELP é o mais antigo centro de estudos da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Fundado em 13 de setembro de 1954 (inicialmente Instituto de Estudos Portugueses, passando a se chamar Centro de Estudos Portugueses dez anos mais tarde), o Centro de Estudos das Literaturas e Culturas de Língua Portuguesa reúne pesquisadores da USP e de outras universidades, nacionais e estrangeiras, viabilizando projetos de investigação, eventos acadêmicos e publicações cientificas, difundindo conhecimentos sobre países e comunidades que falam o português, tudo isso a partir de uma perspectiva interartística, intercultural e transdisciplinar, de maneira a abrigar o mundo das literaturas e da culturas de língua portuguesa, suas intersecções históricas com a brasileira e os diálogos que estabelecem com outras artes, outras culturas e outros saberes.

A presença do CELP se justifica cada vez mais em nossa Universidade: tem-se a notícia de que é, neste momento, falada por mais de 260 milhões de pessoas, sendo a 4a língua mais falada no mundo, atrás apenas do mandarim, do espanhol e do inglês. É língua oficial em vários países e falada em diversas comunidades lin guísticas pelo mundo, além de ser uma das línguas oficiais da União Europeia e ensinada como língua estrangeira nos países membros do Mercosul. Se confirmadas as projeções demográficas das Nações Unidas, em 2050 haverá quase 400 milhões de lusofalantes em todo o mundo, número que deverá aumentar para cerca de 500 milhões no final do século. (RTP Noticias - http://bit.ly/2wzwfjf)

             ​​​​​​​        ​​​​​​​
​​​​​​​Criado por ocasião do IV Centenário da Cidade de São Paulo e fruto de acordo entre a Universidade de São Paulo e o Instituto de Alta Cultura (atual Instituto Camões), o CENTRO DE ESTUDOS DAS LITERATURAS E CULTURAS DE LÍNGUA PORTUGUESA (CELP) constitui o mais antigo Centro da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

Inicialmente nomeado Instituto, deve sua existência ao empenho do Professor Antônio Soares Amora ao obter a doação do acervo sobre a Cultura Portuguesa que serviria à Exposição Comemorativa do IV Centenário de São Paulo.

O IEP (Instituto de Estudos Portugueses) foi importante no ensino e divulgação da Literatura Portuguesa na USP e no Brasil, pois outras universidades brasileiras (em Salvador, Recife, Fortaleza, Belo Horizonte) o tomaram por modelo. Mais tarde, passou a se chamar CEP (Centro de Estudos Portugueses) e, a partir de 2007, o nome foi alterado para CELP - Centro de Estudos das Literaturas e Culturas de Língua Portuguesa. 

Atualmente, o Centro é dirigido pelas professoras doutoras Rejane Vecchia da Rocha e Silva e Paola Poma e desenvolve as seguintes atividades, no âmbito da pesquisa, ensino,  difusão cultural, acervo e publicações:

  1. Grupos de Pesquisa: diversos grupos de estudos das áreas de Literatura Portuguesa, Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa e Literaturas Africanas de Língua Portuguesa reúnem-se periodicamente nas dependências do CELP, sendo esta uma atividade muito produtiva para corpo docente e discente. Nesse sentido, o CELP oferece apoio logístico direto ao desenvolvimento das mais recentes pesquisas em suas áreas de atuação.
  2. Cursos Extracurriculares: o CELP, em parceria com a Seção de Cultura e Extensão da FFLCH, promove com regularidade cursos extracurriculares voltados ao público interno e externo à USP. Os cursos são ministrados por professores vinculados ao Centro.
  3. Eventos: o CELP é parceiro de diversos eventos, principalmente os relacionados às Áreas de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa e de Literatura Portuguesa. No primeiro semestre do ano de 2014, o CELP promoveu, entre outros, os seguintes eventos: “Cravos de Abril: 40 anos depois”; “O amor que eu levei de Santiago – um roteiro da Lírica Medieval”; “O desafio inter-pessoal: da Literatura para a Medicina”.
  4. XIV Encontro de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa: o Encontro acontece desde o ano 2000 e é voltado principalmente à divulgação das pesquisas realizadas pelos alunos de pós-graduação (mestrado e doutorado) vinculados ao programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa. 
  5.  Revista Via Atlântica: revista semestral em versão impressa e digital. Está em preparação a edição online do número 26 da revista. A Via Atlântica é referência nacional na área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, Literaturas Africanas de Língua Portuguesa e Literatura Comparada e detém conceito A1 na avaliação da CAPES-Periódicos. O endereço eletrônico da revista é: http://www.revistas.usp.br/viaatlantica
  6. Revista Crioula: revista semestral dos alunos de pós-graduação da área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, fundada em 2007, possui conceito B3 na avaliação CAPES-Periódicos. http://www.revistas.usp.br/crioula/index
  7. Revista Literartes:
  8.  Acervo de obras relacionadas às Literaturas e Culturas de Língua Portuguesa: o CELP possui um significativo acervo de livros e periódicos que funcionam como fonte de consulta para pesquisadores nacionais e estrangeiros.  Tal acervo foi incrementado em 2010, com a doação, pela família, de obras e documentos, ainda em fase de catalogação, pertencentes à Profa. Dra. Maria Aparecida Santilli, pioneira no estudo das Literaturas Africanas no Brasil.

 

Texto produzido por ocasião do aniversário de 80 anos da USP, ano em que este site foi criado. 

 


​​​​​​​foto da placa Edifício Prof. Antonio Candido de Mello e Souza: Roseli Gomes Cardoso (BFF/FFLCH/USP)